Motos total flex, qual combustível usar? Part II

As motos total flex estão se tornando cada vez mais populares e seus preços são significativamente mais altos que os modelos sem está tecnologia. Saiba avaliar se está opção é satisfatória e se realmente vale apenas utilizar dois constituíveis em um veiculo.

Ter a opção de utilizar dois combustíveis diferentes na hora de abastecer parece ser uma boa ideia. Mas isso realmente é funcional na prática ou é apenas mais uma jogada de marketing das montadoras de veículos do mundo todo? A seguir, tudo sobre a utilização dos famosos veículos total flex.  Tecnologia agora, implementada também nas motocicletas.

flex 3

A tecnologia total flex parece ter vindo para auxiliar os motoristas e motocicletas a uma experiencia mais proveitosa dos seus veículos. No entanto, a opção de escolher dois tipos diferentes de combustível trás dúvidas a motos utilizadores ou até mesmo em quem está planejando comprar um veículo novo e não sabe se a diferença de preço do modelo total flex para o modelo tradicional é viável ou não. Existe no mercado veículos exclusivamente a gasolina e ao combustível etanol e a novidade é o total flex. Que oferece as opções de utilizar tanto a gasolina como o etanol e também há a opção da utilização dos dos combustíveis ao mesmo tempo em diferentes dosagens.

total flex 2

Como a gasolina é um combustível mais explosivo ela oferece mais força ao motor e também um maior rendimento do combustivel em quilômetros rodados. Porém o seu preço por litro no mercado é relativamente alto. É um combustível muito caro e eficiente. O etanol a seu turno, é um combustivel com menor explosão durante a queima e consequentemente causa um menor desempenho do motor e um gasto maior na relação quilômetros por litro. No entanto, o seu custo por litro é muito mais baixo do que a gasolina. Isso é fator que trás a dúvida de qual combustivel utilizar.

total flex 3

Para resolver esta questão, nada mais apropriado que a boa e velha matemática (tá bom, talvez não seja tão boa assim, mas é muito importante). Existe uma equação que deve ser realizada SEMPRE antes da escolha de qual combustível utilizar. Seguindo este princípio matemático aí sim o seu veículo total flex trará economia ao seu bolso. Com o cálculo é possível equilibrar o baixo preço e também baixo desempenho do etanol com o alto desempenho e também o altíssimo preço da gasolina. Veja a seguir como realizar o cálculo e avaliar qual a melhor opção de combustível.

total flex 4

O cálculo  é relativamente simples. Observe atentamente: Pegue o valor por litro do ETANOL  e DIVIDA pelo valor por litro da GASOLINA, o resultado dessa equação deve ser SEMPRE menor que zero vírgula setenta (0,70). Quanto mais abaixo de 0,70 o resultado da equação for, mais o ETANOL será a melhor opção de combustível no momento. No entanto, se o resultado da equação for IGUAL ou MAIOR que o 0,70, a GASOLINA é o combustível que trará melhor vantagem para o seu bolso. Então fique bem atento na hora de abastecer o seu veículo total flex e NUNCA  se esquece de realizar esse cálculo. Ele pode ser feito para qualquer quantidade de combustível que for abastecer. Boas economias a partir de agora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *